Assessoria em Casamentos

Porque a felicidade se mede em sorrisos, abraços, beijos e até lágrimas. Se mede em amor.

Planejar é preciso.

Sair da fase do namoro para a fase do noivado é um grande desafio. É uma mudança radical em muitos casos que faz pensar que o futuro próximo trará grandes mudanças.

As famílias começam com as cobranças, os amigos já perguntam a data do casamento. Os noivos ficam nesse ”meio de campo” sem saber o que fazer e de que maneira devem lidar com tudo isso.

Neste primeiro momento os casais vivem uma fase onde, na maioria dos casos, dividem as contas. E com a chegada do casamento, se deparam com o início de uma nova caminhada, onde não sabem a melhor opção a seguir: dividir ou juntar. Medos e inseguranças vêm junto com um turbilhão de sentimentos que invadem as cabeças e os corações dos noivos.

chave do sucesso

Mas uma coisa eu lhe digo: constituir uma família é uma grande responsabilidade. E além de muita disciplina, precisa de muita cumplicidade. Não existe uma fórmula mágica, mas é preciso muito diálogo, entendimento sobre o outro e, principalmente, ter em mente de que juntos terão de aprender os novos caminhos que irão percorrer.

Sugiro sempre, ao falar de casamento e dinheiro, que a renda do casal seja administrada em conjunto, bem como as despesas.  Acredito que para o casal é mais saudável administrar uma só verba desenvolvendo um pensamento consciente sobre a receita e despesas que tem.

Acredito que a união deva ser em todos os sentidos, inclusive financeira.

Falando sobre o grande dia, muitos casais me perguntam o eles devem fazer para conseguir realizar o casamento – cerimônia e recepção – sem comprometer outras contas.

Sugiro separar as despesas do casamento das contas fixas do mês. É muito importante que haja planejamento, que seja colocado na ponta do lápis o sonho a ser realizado. Porém, mais importante que isso, é definir e deixar claro para si mesmo quais valores extras é possível assumir. E, claro, avaliar as despesas considerando ou não ajuda da família.

Uma poupança destinada ao casamento é uma boa opção para ajudar o casal a organizar as contas e despesas da cerimônia e festa. É importante ter uma verba destinada ao Evento, já que ele contará com muitos detalhes.

Faça uma planilha exclusiva para o casamento, pois assim poderão analisar os valores, detalhar datas e prazos dos parcelamentos feitos e tomar as melhores decisões para que tudo saia de acordo com o planejado.

Começar a planejar o casamento com pelo menos com um ano e meio de antecedência também ajuda, já que os custos serão divididos. O ideal é ter a maior parte das contas quitadas até próximo à data do Evento.

E não se esqueçam: diálogo e planejamento fazem toda a diferença para um casal ter uma vida financeira saudável.

foto: the feehery theory.

Sobre nossa COLUNISTA

consultorarobertaomeltech

question-mark-228x300DÚVIDAS?
Mande um e-mail para perguntas@prasemprenoiva.com que encaminharemos aos nossos colunistas.

Sobre prasemprenoiva

Depois de 10 anos dedicados à produção de eventos, Samara Teixeira coloca à disposição dos casais que assessora sua experiência em atendimento, coordenação e produção de projetos personalizados e exclusivos. Atualmente na ponte São Paulo-Miami, ela traz para as noivas brasileiras as tendências internacionais aliadas a um expertise único. E, ao mesmo tempo, leva o tempero do Brasil para seus clientes no exterior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 1 de setembro de 2013 por em De olho no PORQUINHO e marcado , , , , .
%d blogueiros gostam disto: