Assessoria em Casamentos

Porque a felicidade se mede em sorrisos, abraços, beijos e até lágrimas. Se mede em amor.

We love NY!

NY1

Um dos destinos mais incríveis do mundo. Não pela exuberância natural, nem por exibir uma cultura exótica. Mas, principalmente, por ser nada menos que a “esquina” do Mundo.

Aqui, sua lua de mel não vai, jamais, cair na rotina!

Nova Iorque é o que se poderia chamar de um bom resumo do planeta – talvez por ser a sede da ONU, cuja construção conta com a colaboração de Oscar Niemeyer. E o turista descobre isso fácil, fácil, pelas ruas, fazendo o que há de melhor para conhecê-la: caminhadas!

Ao chegar, qualquer casal irá descobrir que, mesmo sem nunca ter ido, já é íntimo da cidade. Depois de tantos filmes, seriados de TV, documentários e matérias jornalísticas, somos capazes de passear achando, aqui e ali, um pedaço da nossa memória e imaginação. Onde as meninas do Sex and the City se encontravam para um drinque ou aquele beco em que os detetives da NYPD fechavam um caso. Tudo, claro, ao som da voz de Sinatra ou Liza. Quando isso acontecer, aproveite para saborear a ocasião e compartilhe com seu amor.

ONDE FICAR
Claro que estamos falando da Ilha de Manhattan. E você terá que eleger o que fazer, de acordo com seu tempo, orçamento e objetivos. A começar pela hospedagem.

Dica: se vocês formarem um casal tipo baladeiro, nada de procurar uma vizinhança tranquila, o negócio é ficar no Village ou Chelsea. Agora, se fizerem o estilo mais cult e tiverem interesse por teatros, museus e parques, o ideal é algo entre as ruas 46 e 58. A Ilha tem hotéis para todos os tipos de gosto e bolso. Por isso, pesquise, investigue e colha opiniões entre os amigos (especialmente se for sua primeira vez).

Ao chegar, nada de ficar esperando pelo quarto – check-in por lá costuma ser depois das 2 da tarde. Portanto, deixe as malas na recepção e vá examinar a vizinhança. Aproveite para verificar onde estão os pequenos comércios de rua, lojas de conveniência e atrações locais.

Apesar de agitada e cosmopolita, a Ilha de Manhattan pode ser romântica. Basta escolher os passeios e cantinhos certos.

Lower Manhattan Skyline from the Manhattan Bridge, New York City

CENTRAL PARK E MUSEUS: colírio pros olhos e para o espírito.
Seja inverno ou verão, se embrenhar pelo parque mais famoso do mundo é um passeio sempre romântico e agradável. O que dizer do Central Park? Uma caminhada vale muito mais do que mil palavras. Em qualquer estação do ano ele fica lindo: florido, nevado, dourado ou verdejante. Vocês irão encontrar recantos para namorar ou praticar esportes (bicicletas nos dias quentes e patinação, nos frios) e recantos para fotos inesquecíveis.

E ficarão surpresos em como o parque parecerá familiar. Afinal, já foi cenário de tantos filmes que, a cada passo, a gente se sente como se fosse dar de cara com Woody Allen.

nym1

Já que estão no parque, saibam que essa também é a região dos grandes museus – especialmente entre as ruas 80 e 110, no West e no East Side. É a famosa Museum Mile. Escolham pelo menos três entre os muitos museus existentes por lá. Nossa dica são o Metropolitan, o Guggenheim e o Museu de História Natural.

O parque é grande e os acervos dos museus, gigantescos. Tome fôlego e caminhe. Mas não tente fazer tudo num dia só: você vai se empapuçar e reterá muito pouco de conhecimento, prazer e relaxamento no passeio. Alterne as visitas com caminhadas outdoor.

No Met, um dos mais importantes do mundo, você vê o melhor da arte desde o Egito Antigo até a Modernidade Americana. Mas prepare-se para ficar entre suas lindas salas algumas horas – almoce por lá, com vista para o Parque e suba até a cobertura, de onde se tem uma vista privilegiada.

Também importante por seu acervo – e principalmente por sua arquitetura – é o Guggenheim. O museu que virou griffe vale a visita em muitos aspectos.

Ao chegar, pegue o elevador até o último piso de deixe-se soltar por suas rampas em espiral, visitando as salas contíguas ao sabor do acaso. Lá, você pode tomar um lanche ou um café. E passear pela lojinha cheia de pequenas memorabílias.

Já o Museu de História Natural, que inspirou a franquia Uma Noite No Museu estrelada por Ben Stiller, é uma diversão! Com seus dioramas gigantes (ambientações de várias regiões e épocas, com animais e figuras humanas), ali, a visita pode ser rápida e descompromissada.

Outro museu nas proximidades? Desça um pouco até a rua 53 e visite o templo da arte moderna, o MoMA, para quem curte as celebridades das artes plásticas Monet, Van Gogh, Miró, Dali, Picasso. E o melhor: às sextas-feiras tem entrada free.

nym2

ON BROADWAY: a vida é um palco!
Num final de tarde, vale a pena ver as luzes da Times Square e já ficar pela Broadway para um show (alguns possuem matinês). O recomendado, especialmente se quiserem ver espetáculos concorridos, como Wicked ou Book of Mormon, é sair do Brasil já com os ingressos comprados na Internet. Se quiser comprar in loco é melhor ir aos guichês do TKTS onde são vendidos a preços mais populares os ingressos que sobraram nos guichês dos teatros para o mesmo dia. As opções são inúmeras. Para quem gosta de espetáculos mais leves, elas vão de O Rei Leão a Cinderella, passando pelo nada infantil e politicamente incorreto Avenue Q (com bonecos Muppets manipulados aos olhos do público). Os adultos preferem os premiados Chicago e Once. Isso, sem falar nos indefectíveis Fantasma da Ópera e Mamma Mia.

Mas há também os espetáculos não-musicais. Se o seu inglês for bom, vale a pena rodar os teatros e não perder a oportunidade de ver alguma grande estrela. Nomes como Al Pacino, Sigourney Weaver ou Tom Hanks estão sempre dando o ar da graça nos palcos de Manhattan.

Em termos de shows e espetáculos, Nova Iorque é uma fonte inesgotável. Se tiver sorte, poderá ver ainda: Stomp, Blue Man Group ou mesmo o Cirque Du Soleil, com preços muito mais realistas que os praticados aqui abaixo do Equador. Para saber mais, consulte o www.playbill.com .

nym3

ESQUINA DO MUNDO: Meca das compras.
Não espere encontrar em Nova Iorque os mesmos preços convidativos praticados em cidades como Miami, Orlando ou Dallas. Aqui, o que conta é a novidade e a qualidade. Sendo assim, você vai estar em contato com o melhor da moda e do design em qualquer área, mas os preços muitas vezes serão mais salgados.

Ainda que seja apenas para ver as vitrines, não tem como escapar da Fifth Ave. A famosa Quinta Avenida tem lojas para gente de todos os bolsos e idades: Abercombrie & Fitch, Louis Vuitton ou Prada. Aproveite para conhecer as lojas de chocolates e sorvetes ao longo da avenida. O trajeto pode começar na Rua 59 em frente ao The Plaza, a Apple Store e a FAO Shwarz. E vá até Midtown (lá pelas ruas 32 ou 33).

Não deixe de conhecer o Rockefeller Center, com suas lojas chiques, a famosa área de patinação no gelo e os Estúdios da NBC, onde se produzem sucessos da TV como o SNL e o descolado seriado 30 Rock, de Tina Fey. Você ainda poderá subir ao 70º andar no Top of The Rock e se apaixonar mais ainda pela cidade: a vista é de tirar o fôlego, com a vantagem de ser menos turístico e lotado que o Empire State.

nym4

E já que está perto do Hell’s Kitchen Distric, tome um drinque num dos novos bares da região – alguns deles são de frequência LGBT, mas não se assuste, afinal em Manhattan é difícil escapar dos casais gays por toda parte. Fique entre o Vlada, de atmosfera nórdica e que oferece vários tipos de vodka num ambiente bem bacana, ou o Therapy, que chama atenção dos executivos locais e tem dois andares no mesmo ambiente. Bares ótimos com música de primeira. Jantar bem? Fique pela 9ª Avenida. Tudo perto, tudo certo.

A cidade nunca dorme. E vocês? Se ainda tiverem forças, saiam para jantar e para uma esticada num dos muitos piano-bar da cidade. Boa dica é o 54 Below  (onde funcionava a histórica boate dos anos 80, o Studio 54) e o D’ont Tell Mama. Mas a cidade está coalhada de boas casas para se ouvir jazz e música boa, para além do Blue Note.

Como os endereços estão sempre mudando e a novidade sempre trocando de lugar, não deixe de consultar a Time Out um pouco antes da sua viagem: www.timeout.com/newyork

PASSEIOS BEM TURÍSTICOS.
Ok, a noite foi boa? Mas não fique perdendo tempo na cama. Saia para a rua e escolha um bom passeio ao ar livre: caminhar pelo Riverside, fazer um circuito de barco em torno da ilha ou visitar um dos seus mais incríveis símbolos: Miss Liberty, recém-reformada depois do furacão Sandy.

Para este passeio – turístico à beça – comece no distrito dos negócios e da bolsa de valores, ali mesmo na tão falada Wall Street. Dê uma espiada no memorial do Marco Zero e, dali, caminhe até o ferry boat que leva à Ilha da Estátua da Liberdade, um presente dos franceses aos americanos (a original, bem menor, pode ser vista em Paris).

Vocês precisam tirar um domingo de manhã para um culto numa das igrejas evangélicas – preferencialmente no Harlem ou Brooklyn. Uma experiência inesquecível. E, já que está no topo da ilha, visite o Cloisters, espécie de fortaleza medieval comprada e erguida com dinheiro capitalista, mas que possui uma inigualável coleção de peças que vão de tapeçarias a porcelanas. E um café romântico com direito a uma vista que você jamais imaginou da cidade.

Para terminar seu dia de turista em Manhattan, faça compras na Macy’s ou na Bloomingdales – verdadeiros templos erguidos ao consumo mundial – e saia sacolejando sua Big Brown Bag!

De resto, Nova Iorque é uma surpresa a cada esquina: antiquários, livrarias especializadas, brechós, feirinhas, camelôs, galerias de arte, artistas e hot-dog de rua. Caminhe, caminhe e caminhe. Vocês ficarão surpresos que o melhor guia da sua viagem pode ser sua intuição.

nym5

fotos: gerson steves, sites dos museus, allposters, flickriver, naaweb, studenttrush.

Sobre nosso COLUNISTA

colunistagersonsteves

question-mark-228x300

DÚVIDAS?
Mande um e-mail para perguntas@prasemprenoiva.com que responderemos em breve.

Sobre prasemprenoiva

Depois de 10 anos dedicados à produção de eventos, Samara Teixeira coloca à disposição dos casais que assessora sua experiência em atendimento, coordenação e produção de projetos personalizados e exclusivos. Atualmente na ponte São Paulo-Miami, ela traz para as noivas brasileiras as tendências internacionais aliadas a um expertise único. E, ao mesmo tempo, leva o tempero do Brasil para seus clientes no exterior.

2 comentários em “We love NY!

  1. Agatha Carluci
    3 de setembro de 2013

    Adorei esse post!!! Morei por um ano em Manhattan e não saberia descrever com tanta perfeição, recomendo essa viagem pra NY, um lugar que aprendi a amar!!

  2. Gerson Steves
    4 de setembro de 2013

    Puxa Ágatha… tremendo elogio! Obrigado e fique de olho nas minhas matérias sobre viagens. Ideias pra Lua de Mel, mas também pra quem curte viajar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Informação

Publicado às 1 de setembro de 2013 por em Com o pé na ESTRADA e marcado , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: